skip to Main Content

Às vezes precisamos só de um empurrão na mente… Quando ganhei a sessão de mentoria da Diana Gaspar, fiquei muito animada porque já conhecia o trabalho dela como coach, e olha que transformação ela fez comigo! Aí pensei, vai ser outro balanço que vou receber. Mas sabem o que aconteceu? Não fui balançada, fui jogada. Ela me perguntou no final qual nota eu me daria, eu falei que entrei com 7 pois sabia que jamais começaríamos com nota vermelha, e no final com 10. 10 porque acredito mais e mais em mim, 10 porque tenho certeza que se eu não lutar pelo que eu quero ninguém vai fazer por mim e 10 por viver e poder eu mesma realizar meus sonhos. Tenho que agradecer a essa pessoa maravilhosa que me brindou com essa mentoria que foi só a ponta do alicerce.

Gostaria de agradecer pelo seu tempo e pelo trabalho que realizamos. Foi um despertar de consciência. Você me fez pensar e me impulsionou para uma mudança de comportamento que só depende de mim, além de identificar e compreender o comportamento das pessoas que convivem mais de perto, tornando assim os relacionamentos profissional e pessoal mais fáceis de lidar.

Ao indicar a rota tudo fica mensurável e possível de conseguir. Suas ideias são ótimas. E analisando dois pontos fundamentais: cuidar de si e reconhecimento da equipe são pilares transformadores no ambiente de trabalho. Percebemos muitas vezes que são mais apontados mais os erros pontuais, do que parabenizados os inúmeros acertos. No que cabe a mim, irei implantar essa rota de sucesso.
Obrigada (pela palestra), Diana!

Primeiramente eu quero expressar minha profunda gratidão à minha coach Diana, por tudo o que ela me proporcionou ao longo desse processo e todas as conquistas que ela me ajudou a alcançar, e para compartilhar como foi a minha experiência com o processo de coaching e como ele me ajudou a conquistar três aprovações em Medicina …. A prática de anotar as coisas e organizar ação, tempo, foi uma prática que me ajudou muito na minha disciplina, a reduzir a minha ansiedade, com a quantidade excessiva de atividades que eu tinha para fazer e me ocupavam o tempo inteiro, e também me deixava mais motivado para estudar e com menos dificuldade em lidar com problemas … Eu tive um ganho muito bom na minha produtividade e na manutenção do equilíbrio da minha vida, principalmente, o que para mim foi o mais importante. No final das contas, foram dois processos muito exitosos; os dois foram muito positivos nos resultados – atingi o que eu queria nos dois … É uma jornada sua, de conhecimento próprio, em que alguém vai te ajudar, mas não vai resolver teu problema … Cada pessoa vai passar por um processo diferente, vai ter resultados diferentes – tudo vai depender do esforço que ela emprega e do quanto ela vai se dedicar ao processo. Vale muito a pena! Agora é só alegria – cabeça raspada e aprovação o vestibular!

Percebi durante as sessões que tenho um potencial dentro de mim onde posso realizar muitos dos meus sonhos, mas que estava escondido devido ao medo, insegurança, que impediam de se manifestar.

O coaching despertou a necessidade de buscar mais meus objetivos. Despertou a inquietação para não deixar as coisas da minha vida ficarem paradas. Que as respostas estão dentro de mim. E o processo me fez descobrir como fazer.

Que não adianta nada deixar de realizar aquilo que você se propõe, pois isso não ajuda em nada, somente atrapalha.

Que é importante descobrir o que você quer da vida, pois ela é breve. Não podemos perder tempo!

Que existe uma relação muito forte entre os vários eixos da nossa vida: profissional, pessoal, familiar… não podemos esquecer nenhum deles.

E a frase que me marcou muito foi: “E ai, o que vai contribuir na sua vida quando você se propõe a fazer alguma tarefa e não faz… vai resolver alguma coisa? Você se sentiu melhor com isso? Ou só lhe fez ficar pior?” Toda vez que penso em não realizar algo que sei que é importante pra mim, me faço esse questionamento.

Finalmente, que a vida não é tão complicada, a felicidade está nos lugares e nos acontecimentos mais simples, como por exemplo ouvir uma musica que você gosta, dizer eu te amo, assistir um filme, ler um livro ….

Foi um grande privilégio participar desse momento (palestra) preparado por você em que foram destacadas as 7 ações transformadoras em tempos de pandemia, em que foi mais ratificado do que nunca a atenção e o cuidado às pessoas, pois sabemos que com todos os acontecimentos e novidades que acontecem a cada minuto, em alguns momentos nos leva a descuidar dos detalhes do que é mais precioso nas instituições, que são seus colaboradores.
Esse momento nos deu a oportunidade de discutirmos essas importantes ações para que estejamos atentos e sempre as colocando em prática, afinal, comecemos por nós mesmos, colocando essas ações também diretamente ligadas a nós, como gestores e colaboradores que também somos.
Obrigado!

Back To Top